Notícias

“Antes de abrir as torneiras é preciso fechar os ralos”, diz Francisco Júnior

Ao responder o questionamento sobre como combater a corrupção em entrevista na manhã desta quarta-feira (27), no Jornal Bandeirantes da 820 AM, o pré-candidato à prefeitura de Goiânia pelo PSD, deputado estadual Francisco Júnior, afirmou que a transparência é a melhor forma de fazer esse controle. “O combate à corrupção precisa ser feito de forma transversal na estrutura da prefeitura. Sempre digo que antes de abrir as torneiras é preciso fechar os ralos. Quando fui presidente da Câmara Municipal criamos uma situação onde a transparência foi indispensável nisso”, disse o pré-candidato.

“Fui presidente por dois anos, ordenei um orçamento de quase R$ 150 milhões de reais, conseguindo colocar em dia os direitos dos servidores atrasados e realizar grandes investimentos na Casa. Todas as licitações eram transmitidas ao vivo e on-line, pela TV Câmara e pelo site do legislativo, e também comunicava ao Ministério Público e ao TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) a sua realização”, afirmou Francisco Júnior.

O pré-candidato lembrou ainda que no período em que foi presidente a maior abertura da Câmara Municipal para a participação e fiscalização social ajudaram inclusive na melhor aplicação dos recursos. “A transmissão e a transparência nos permitiram inclusive que fosse gerada economia para a Câmara, que pôde usar melhor seus recursos. A melhor ação que nós podemos fazer para combater a corrupção é dar ampla transparência nas ações dos homens públicos”, disse o pré-candidato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s