Notícias

Produtos perigosos, e sem selo da Anvisa, não poderão ser fabricados ou revendidos

img_3507O deputado estadual Francisco Júnior (PSD) apresentou na Assembleia Legislativa um projeto de lei que pretende coibir a venda de produtos conhecidos como saneantes (produtos que são oferecidos para limpeza de casa, lavagem de carros e dar brilho a objetos), que não tenham a certificação do órgão competente.

A facilidade de se encontrar receitas rápidas para limpar objetos está aumentando o comércio de produtos nocivos à população, que acabam entrando no mercado sem registro do Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA é o que causa preocupação ao parlamentar.

“Em sua maioria os produtos saneantes clandestinos possuem cor e cheiro agradável, porém, podem causar queimaduras, problemas respiratórios, irritações, machucados e graves intoxicações, por que não passaram por avaliação e gerenciamento de risco”, explica o deputado Francisco Junior.

Todos os fabricantes são obrigados a seguir normas legais e técnicas e obter autorização do Ministério da Saúde para cada produto saneante colocado a venda. Inexistindo os testes, a população fica sujeita à exposição e contato com produtos altamente tóxicos e sem nenhuma informação sobre sua composição.

Acompanhe os demais projetos do Deputado Francisco Junior AQUI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s