Notícias

Com o tema “A Metrópole que queremos”, Francisco Jr participa de oficinas para discutir a região metropolitana de Goiânia

O deputado Francisco Jr participou, na tarde desta quarta-feira (30), do penúltimo debate sobre o Plano de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Goiânia, realizado pela Secima. As oficinas acontecem nos dias 30 e 31 de agosto.

A rodada de discussões abordará o tema: “Os desafios da região metropolitana de Goiânia: A metrópole que queremos”. Os debates giram em torno de diversos eixos temáticos, como sustentabilidade socioambiental, desenvolvimento urbano/econômico, ordenamento territorial, mobilidade, acessibilidade, entre outros e contam com a presença de prefeitos, representantes e instituições publicas e privadas e é aberta ao público.

Franciso Jr, que participou efetivamente das oficinas, acredita que é preciso ouvir as demandas tanto da região metropolitana, quanto de Goiânia. “O Plano de Desenvolvimento Integrado é a melhor forma de ouvirmos, planejarmos e executarmos as demandas de cada região, pois, não existe região metropolitana sem Goiânia, e não existe Goiânia sem região metropolitana. Por isso, o resultado precisa vir para quem vive nessas regiões.”.

As oficinas das quais o deputado participou tiveram como objetivo ouvir as necessidades de cada um dos municípios da região metropolitana de Goiânia, com destaque para as potencialidades, fragilidades, perspectivas, e oportunidades que poderão alavancar a economia local de cada um. “Eu convivo com 2 apelos, que nós estejamos atentos e criemos condições de aplicar aquilo que precisa ser discutido, e que tenhamos o mesmo compromisso com a execução e com a discussão.” Para Francisco Jr, o Plano de Desenvolvimento é a melhor maneira de unir as duas coisas, planejamento e ação, “No plano Diretor de Goiânia, nós temos não só uma coisa boa, mas nós temos a oportunidade de ter algo bom para poder fazer coisas boas sempre. E esse é nosso desafio”, pontuou o deputado.

O secretario de Secima, Vilmar Rocha, explicou que a primeira frente do PDIRMG é melhorar a qualidade dos serviços públicos da RMG, que engloba o transporte público, saneamento, resíduos sólidos, drenagem, uso de solo, loteamentos, entre outros. Ele adiantou que em breve todos os prefeitos dos 20 municípios que compõe a RMG apresentarão para o governador Marconi Perillo, um detalhamento do desenvolvimento do Plano em seus respectivos municípios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s