Notícias

Frente Parlamentar Católica faz representação contra filme que induz sexo com menor de 14 anos

O presidente da Frente Parlamentar Católica no Congresso Nacional, deputado federal Francisco Júnior (PSD-GO), divulgou nesta segunda-feira, dia 14, uma representação contra o filme “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”, por induzir a prática de atos sexuais entre um adulto e criança menor de 14 anos, com uso de coação moral. “No vídeo as imagens falam por si mesmo, não tendo como alegar má interpretação. Há claramente um induzimento à prática de atos sexuais entre um adulto e criança e uma certa normalização dos atos, como sendo comum e até cômico”, afirmou Francisco Júnior.   

A ação se deve pela entrada do filme no catálogo do serviço de streaming Netflix e pelo grande alcance, com a visível necessidade de apuração de eventuais práticas de incitação à crimes contra a criança e o adolescente. “Repudiamos e solicitamos investigação por meio de uma representação aos órgãos competentes para assegurar a criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, a proteção a toda forma de negligência, exploração, crueldade e opressão”, destaca o presidente da frente parlamentar em nota de repúdio.

O deputado ainda aponta possíveis artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que foram violados, solicitando a alteração da classificação indicativa do referido filme. “Portanto, busca-se também com a presente representação que seja determinado ao Ministério da Justiça a alteração da classificação indicativa para 18 anos”, solicita o documento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s